logo


Fonte: Gladys Ferraz Magalhães/Infomoney

O setor privado é o que emprega a maior parte dos profissionais formados em administração de empresas, segundo revela pesquisa realizada pelo CFA (Conselho Federal de Administração), elaborada pela FIA (Fundação Instituto de Administração).

De acordo com o estudo, 58% destes profissionais trabalham em empresas privadas, sendo a maior parte em grandes organizações (46%). As médias e pequenas empresas empregam 18% e 19% destes profissionais, respectivamente, enquanto que 17% trabalham em microempresas.

O setor público é responsável pelo emprego de 32% dos profissionais de Administração e 11%, revela a pesquisa, estão atualmente desempregados.

Satisfação e competências

O levantamento do CFA apurou ainda o nível de satisfação dos profissionais com a graduação em administração de empresas.

Para 63%, o curso atendeu satisfatoriamente as expectativas. Outros 22% alegaram que o curso atendeu completamente as expectativas, 14% que a graduação não atendeu de forma satisfatória o que o profissional esperava e 1% que não atende em nada as expectativas.

Sobre as competências mais exigidas destes profissionais, a administração de pessoas e equipes é a mais citada, com 73% das respostas, seguida por administração estratégica, lembrada por 68% dos entrevistados, administração financeira e orçamentária (61%), visão ampla, profunda e articulada do conjunto das áreas de conhecimento (61%), administração de vendas e marketing (50%), e administração de sistemas de informação (49%).

Compartilhar:

Posts Relacionados:

  1. O empreendedorismo que move o Brasil

Deixe um comentário

*