logo


Fonte: G1

Mercado formal cresce em Sergipe. Sebrae oferece orientações gratuitas para formalizar uma empresa.

 

Uma notícia animadora no comércio sergipano. As pequenas empresas têm cada vez mais se organizado. Quem vivia as margens de qualquer estatística, agora começa a enxergar uma nova perspectiva de crescimento no mercado com a formalização.

Trabalhando há mais de 10 anos no ramo de salão de beleza, Libna Clemente, após sair de Pernambuco, viu em Sergipe a possibilidade de ter seu salão formalizado. Mesmo com as dificuldades de contratar cabelereira, manicure e atrair a atenção da clientela, Libna deu início para a saída do mercado informal.

“Com esse projeto da micro empresa pelo Sebrae eu consegui deixar minhas funcionárias amparadas de todos os benefícios. Então todas elas são registradas e a empresa também, portanto eu tenho uma credibilidade de fazer um empréstimo”, conta.

O mercado formal está crescendo em Sergipe. No primeiro trimestre deste ano foram licenciados 1.122 estabelecimentos comerciais. O número é o novo recorde da Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese) supera as 1.041 empresas que foram criadas no mesmo período do ano passado. O crescimento é aproximadamente de 8%.

O mês de março registrou os melhores números da história do mês. Foram 462 licenciamentos em 2012, contra 378 em 2011, um crescimento de quase 22%. Os números expressivos refletem a diminuição da burocracia e as facilidades que a formalização traz para o empreendedor.

Quem ainda não abriu uma empresa, mas tem planos, pode ter orientações de graça pelo Sebre.

Compartilhar:

Posts Relacionados:

  1. O empreendedorismo que move o Brasil
  2. Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de SE completa 50 anos
  3. 5 dicas para sua empresa crescer com pouco dinheiro

Deixe um comentário

*